Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Plantas tóxicas ou venenosas

autor: Redação RuralNews
data: 31/07/2014

É relativamente comum ouvirmos dizer que um boi, uma vaca, um cavalo ou um caprino ?morreu de erva?. Isso significa que sua morte foi causada por uma planta tóxica ou venenosa. Segundo alguns técnicos temos, no Brasil, algumas dezenas delas.

Para que ocorra a morte, é necessário que o animal ingira um determinado volume da erva, que contenha uma dose suficiente para envenená-lo. Essa dose varia com o princípio tóxico (veneno) da planta, com a espécie do animal, raça, tamanho, idade, cor, sexo, estado de saúde, estado de nutrição, resistência física, etc.

O princípio tóxico pode estar em todas as partes da planta ou apenas em uma ou algumas delas, como folhas, raízes, caule ou, ainda, nas sementes ou frutos nos quais, em geral, é mais acentuada por serem as partes em que as plantas armazenam suas reservas para a reprodução.

Elas podem ser tóxicas durante toda a vida, durante somente certos períodos do seu ciclo vegetativo, durante todo o ano ou somente em certas épocas ou até mesmo por um aumento passageiro da sua toxidade devido a certas situações como mudança de clima, natureza do solo, tipo de adubação (nitrogenada), luminosidade, etc. Até certas forrageiras podem apresentar algum grau de toxidade, mesmo que passageiro, como o sorgo e o capim angola, pelo aumento do seu teor de ácido cianídrico.

Plantas tóxicas são as que, ingeridas ou comidas de maneira natural e acima de determinadas quantidades, pelos animais, podem causar-lhes uma série de distúrbios nervosos e musculares e até a sua morte por intoxicação.

A maior incidência de animais intoxicados ocorre principalmente em regiões novas, nas quais estão sendo ?abertas? fazendas em zonas de matas, pois é nelas que se encontram grandes quantidades de plantas tóxicas e os criadores ainda não as conhecem.

Também nas épocas de secas, aumenta o número de vítimas dessa vegetação pois, diminuindo o capim e o existente ficando mais ou menos seco, os animais comem, avidamente, qualquer vegetação verde e, com isso, ingerem plantas ou ervas venenosas.

Nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo, a grande maioria das intoxicações são causadas, principalmente, pelas seguintes ervas:

- cafezinho (Balicourea marcgravii Hill);

- coerana branca (Cestrum laevigatum) e a

- samambaia (Pteridium aquilinum).

Na região Sul, podemos citar:

- samambaia;

- mio-mio (Baccharis cordifolia) e a

- clavariacea (Ramaria flavobrunnescens).

Na região Norte, a principal planta venenosa, que causa problemas, é a timbaúba.

Na região Centro-Oeste, a maior responsável pelos acidentes é a coro ou cipó-prata (Mascagnia pubiflora).
 
 
 
 

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb