Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Morcegos: saiba como lidar com eles

autor: Redação RuralNews
data: 04/07/2014

Por serem animais de grande importância na natureza e para todo o ecossistema, os morcegos não devem ser combatidos, mas sim protegidos. Isto é garantido, no Brasil, por legislação específica. Desta forma, produtores rurais e moradores de áreas urbanas e rurais, devem aprender a conviver com estes animais, mantendo-se um grau de segurança e evitando-se, dentro do possível, prejuízos para as pessoas e atividades rurais.

Apesar de sua importância ecológica, os morcegos podem causar diversos males e prejuízos, entre eles, podemos destacar:

- sugando o sangue dos animais, todas as noites, estes vão ficando fracos e podem até morrer;

- comem e estragam grandes quantidades de frutas, nas plantações e pomares em geral;

- dificultam e chegam mesmo a impedir a criação de gado em certas regiões;

- podem transmitir a raiva, principalmente a bois, cavalos e muares, já havendo causado epidemias que dizimaram rebanhos inteiros, matando milhares de cabeças. São os únicos animais que podem ficar raivosos e transmitir a raiva durante vários meses, antes de morrerem. Para se ter uma idéia do que isto significa, os cães só o fazem durante 10 a 15 dias. Entretanto, a vacinação é uma arma eficiente contra este problema.

Vivendo em colônias de centenas e até milhares de indivíduos, um só morcego, em uma só noite, pode contaminar um grande número de morcegos que, assim, se transformam em outros tantos disseminadores da raiva.

Como voam e existem aos milhares, em uma só noite, podem atacar um grande número de animais e mesmo homens, causando grandes prejuízos e espalhando a raiva a longas distâncias e a extensas áreas.

É fácil imaginar os grandes prejuízos que podem causar milhares de morcegos a sangrarem animais e a estragarem as frutas nas plantações.

Como já está provado que não só os hematófagos (vampiros) podem transmitir a raiva, é aconselhável que sejam tomadas providências preventivas contra todos os morcegos, qualquer que seja o seu tipo de alimentação. Devemos ressaltar que eliminar esses animais pode ser prejudicial ao meio ambiente.

Apesar dos morcegos serem extremamente nocivos aos animais e aos homens, só devem ser tomadas as medidas necessárias para que homens e animais não sofram ataques e que as atividades rurais produtivas não sejam prejudicadas. Deve haver, portanto, um cuidado especial para que não seja afetado o ecossistema da região.

Como evitar o seu ataque

Principalmente nas regiões em que existam grandes quantidades de morcegos, é preciso tomar certas precauções para evitar que ataquem homens e animais. Para isso, devemos fazer o seguinte:

- colocar telas de arame nas portas e janelas das instalações em que durmam homens ou animais;

- manter a luz elétrica acesa durante toda a noite;

- em algumas zonas, não deixar os animais passarem a noite ao relento, porque sofreriam muitos ataques;

- cobrir as frutas com sacos, para que não sejam estragadas pelos morcegos frugívoros;

- como uma ótima medida preventiva, pode-se instalar aparelhos eletrônicos especializados para "espantar" os morcegos. Este tipo de aparelho emite ondas sonoras, inaudíveis para o ser humano, mas que afetam o sistema de navegação dos morcegos. Desta forma, os morcegos são apenas afugentados da área protegida;

- Caso seja descoberta uma "toca" nas instalações rurais (casas, galpões, etc.), o proprietário deverá esperar até a noite, quando os morcegos deixam seus abrigos, e proceder uma vedação no local para que, não tendo como voltar, os morcegos procurem outro local para se alojarem.

Como repelir ataques aos animais

Pode-se combater os ataques dos morcegos, de maneira muito eficaz, através da utilização de pomadas aplicadas sobre as feridas feitas pelos morcegos nos animais. Essas pomadas atuam da seguinte maneira: como o morcego costuma voltar, todas as noites, e atacar o mesmo animal, sugando o sangue da mesma ferida, a pomada utilizada atua como um repelente para o morcego. Para o animal, vítima do morcego, esta pomada é um eficiente cicatrizante.

Alguns morcegos

Nariz-de-folha, focinho-de-rato, cauda-de-rato, morcego-de-ventosa e morcego-branco são os nomes populares de alguns morcegos insetívoros. O primeiro alimenta-se, também, de frutas e de aves.

O morcego-de-lábio-rachado é um morcego pescador, comendo peixes, camarões, crustáceos e as vezes frutas. O morcego branco tem esse nome por ser mais claro que os outros.
 
 
 

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

ilustracao do produto DVD : Biodiesel - O Negócio do Século
R$ 103.00
em até 4x sem juros
botao compre
ilustracao do produto LANÇAMENTO!! - DVD : Pelagem - Resenha e Exterior do Cavalo
R$ 126.00
em até 4x sem juros
botao compre

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb