Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Alimentação dos camarões de água doce

autor: Redação RuralNews
data: 11/09/2014

Os camarões de água doce, do gênero Macrobrachium, são animais que comem de tudo: resíduos animais e vegetais, plancto, algas, bentos vivos ou mortos, camarões mortos (sua comida predileta), exúvias ("cascas" de camarões que fizeram a muda ou de camarões que morreram) e animais mortos.

Há, também, o canibalismo entre eles, sendo devorados camarões em muda, não só porque nessa fase têm o corpo mole, devido a ausência de sua "casca", cuja dureza o protege mas também porque, nesse estado, produzem feromônios. Os feromônios são substâncias especiais que atraem os companheiros. Outros feromônios, no entanto, apresentam funções mais importantes, como o produzido pela fêmea para atrair os machos para os acasalamentos.

O canibalismo ocorre, principalmente, quando há superpovoamento dos tanques. Somente depois, de acordo com o seu interesse ou preferência, é que os camarões vão comer ração. Quando, porém, a sua alimentação é somente à base de ração, eles a comem bem e os resultados são os melhores.

Tipos de alimentos para camarões de água doce

- alimentos ou resíduos de origem animal ou vegetal: como restos de mandioca, batata, abóboras e outras hortaliças ou legumes, carcaças ou vísceras de animais, como coração, rins, fígado, etc. Estes alimentos devem ser amarrados ou colocados dentro de caixas, às margens dos tanques, onde os camarões os vêm comer e depois podem ser retirados com facilidade, todos os dias, antes que se estraguem e poluam a água.

- Ração balanceada : o seu uso produz o maior rendimento, maior rapidez no desenvolvimento dos camarões e permite maior facilidade no seu controle.

- Ração caseira : podemos usar, para a alimentação dos camarões, farelos de soja, de trigo e outros alimentos de origem animal ou vegetal, produzidos na própria fazenda ou sítio do criador, visando baratear os custos de alimentação dos camarões.

- Alimentos vivos : os camarões de água doce, como o gigante da Malásia, na sua fase de larva, se alimentam com alimentos vivos como zooplancto. Na criação em cativeiro são fornecidas a essas larvas, principalmente a Arthemia salina, um pequeno crustáceo, fácil de se adquirir ou de ser criada.

Conversão

Sendo usadas boas rações, a conversão pode ser de 3:1 ou até mesmo 2:1, o que significa que precisamos de 2 a 3kg de ração para a produção de 1kg de camarão. Quando usamos, também, detritos, a conversão vai a 7:1.
 
 
 

  

 
 

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

ilustracao do produto DVD : Super Novilho Nelore Precoce
R$ 103.00
em até 4x sem juros
botao compre
ilustracao do produto DVD : Hidroponia Convencional
R$ 103.00
em até 4x sem juros
botao compre

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb