Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Açudes para piscicultura

autor: Redação RuralNews
data: 25/09/2013

 
Os açudes empregados para a criação de peixes, podem ser de 3 tipos, quanto à sua construção:

- por barragem;

 
- por escavação e

 
- por aterro das margens.

Naturalmente, a escolha de cada um desses tipos depende de uma série de fatores. O tipo preferido é, em geral, o de barragens, por ser o mais prático para ser construído e o que, normalmente, se torna mais econômico. Ele é adotado, principalmente, nos leitos de córregos e ribeirões, em escavações formando crateras ou sulcos. É aconselhável, no entanto, que seja removida toda a terra vegetal, antes do levantamento da barragem, para que ela fique com a colocação de terra argilosa, para substituir a que foi retirada, apoiando-se em uma base sólida.

Essa barragem deve ter mais de 1m de altura acima do nível da água existente no açude, uma largura equivalente a 3 vezes a sua altura e sua parte superior com uma largura de, no mínimo, 2m, para permitir a passagem de veículos, inclusive carros e carroças.

Quando o açude por escavação, sua construção é muito mais cara, pelos grandes trabalhos que exige, inclusive com o emprego de máquinas especializadas.

Os taludes do dique devem ter uma inclinação de 2:1, ou seja, 2m de largura por 1m de altura mas, no lado em que se encontra a água, ela deve ser de 3:1. O lado da barragem que fica em contato com a água deve ser coberto por pedras para protegê-lo, evitando erosão.

Os açudes por escavação não são aconselháveis, porque sua construção é muito cara, embora eles possam ter uma profundidade de apenas 2m.

O terceiro tipo de açude, ou seja, o construído por aterro de suas margens, pode ter profundidade de 1,5 a 2m. Embora mais barata do que a dos açudes do tipo anterior (por escavação), também é muito cara. Normalmente, esse tipo de açude é construído em terrenos planos, sendo empregada a mesma técnica indicada para a construção de barragens.

Alguns açudes podem ser construídos com a combinação de técnicas usadas em diversos tios dessas coleções de água.

Abastecimento de água para os açudes

 
Os açudes podem ser abastecidos de água:

 
- por canais, canaletas e até mesmo por tubulações ou canos, quando as fontes desse elemento ficarem à pouca distância;

 
- por córregos, riachos, ribeirões ou rios.

Quando o volume das águas do rio não for muito grande ou a sua correnteza muito forte, mesmo que só na época das chuvas, a barragem pode ser construída no próprio leito em que correm as águas.

Tanto na entrada quanto na saída das águas, deve ser colocada uma tela grande, para evitar a fuga dos peixes da criação ou a entrada de peixes estranhos que poderão até devorar os mantidos nos tanques.

O controle do nível da água do açude e a sua saída, devem ser controladas, preferencialmente, por comportas, embora isso possa ser feito por sifão. É necessário, também, um ladrão, para esse controle, em casos de emergência.

Nas laterais dos açudes devem ser cavadas valetas para desviarem as águas, principalmente das enxurradas. Além disso, é aconselhável plantar árvores em toda a sua volta, para protegê-los, principalmente dos ventos frios.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

ilustracao do produto DVD : Cultura do Milho Para Alta Produtividade
R$ 103.00
em até 4x sem juros
botao compre
ilustracao do produto DVD : Guia Prático da Doma - Iniciação de Potros (3 DVD's)
R$ 126.00
em até 4x sem juros
botao compre

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb