Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Como Alimentar as Codornas

autor: Redação RuralNews
data: 27/11/2013

 
Em uma criação racional de codornas, é muito importante que se dê a alimentação correta para estas aves, em cada fase de suas vidas. Veja quais são os mais adequados tipos de alimentação e os benefícios que uma boa alimentação pode trazer para a criação.

Codornas recém-nascidas

Não devem receber nenhum alimento durante 24 horas após o nascimento pois, durante esse período, elas são alimentadas pelas substâncias alimentícias existentes no saco vitelino com o qual elas nascem e que é, depois, absorvido totalmente. Alem disso, elas devem permanecer na câmara de eclosão durante esse período, para a secagem das suas penugens.

Retirada da câmara de eclosão

Vinte e quatro horas depois de nascidas, as codorninhas devem ser retiradas da câmara de eclosão e levadas para criadeiras ou baterias que tenham uma fonte artificial de calor, pois, sem ela, as avezinhas fatalmente morrerão. Nessas baterias elas já devem encontrar ração e água à sua disposição, sempre à vontade, para que nunca lhes faltem. O seu acesso aos comedouros e bebedouros, portanto, deve ser permanente.

Durante esse período, devem receber a ração inicial que deve ser rica em proteínas, ou seja, de 26 a 30% desse elemento. Com 15 a 20 dias, devem receber uma ração com um teor de proteínas de 20 a 25 ou até 28%, ou seja, a ração de crescimento.

Existem rações que podem ser consideradas como iniciais e de crescimento ou engorda, que podem ser ministradas às codornas, desde a idade de 2 até 42 a 45 dias, época do seu abate ou entrada em produção. Portanto, podemos empregar 2 tipos de ração, a inicial e a de crescimento ou, então, um só tipo, durante todo esse período de vida dessas aves.

No caso de usarmos os dois tipos de ração, a passagem de um para o outro deve ser gradativa e não de um dia para outro, pois esse procedimento pode provocar stress e prejudicar o desenvolvimento das codornas.

Temos, também, a ração de postura que deve ter 23% de proteínas e a de manutenção, com 12%. Basta ministrarmos ração balanceada, à vontade, para as codornas, não sendo necessário dar-lhes o ?verde?.

Do 1º ao 15º dias de vida, elas comem, em média, 2g e dos 15 dias em diante, 10 a 12g/dia em média.

Com 25 dias de idade, as fêmeas devem receber a ração de postura, o mesmo acontecendo com os machos da mesma idade.

Alimentação dos reprodutores

Por melhores que sejam as codornas, por melhor selecionadas que hajam sido e mesmo em ótimas instalações, só produzirão bem e terão uma boa produtividade se forem bem alimentadas, isto é, com boas rações balanceadas, frescas e isentas de produtos tóxicos.

As rações para essas aves devem ter as percentagens adequadas de proteínas, ou seja, as indicadas no item anterior, pois percentagens menores diminuem a produção e maiores, embora a postura possa aumentar, concorrem para menor percentagem de eclosão e para o aparecimento de inapetência, paralisias, etc.

Devemos ressaltar que o consumo médio diário de uma codorna adulta é de 30 a 40 gramas de ração. Para obtermos 1kg de ovos são necessários 4,5kg de ração e para uma dúzia de ovos são precisos 0,54 kg.

Uma boa alimentação para os reprodutores é da máxima importância, porque dela dependem, em grande parte, a sua saúde e a sua produtividade, bem como maior fecundidade dos machos, maior produtividade das fêmeas, maior viabilidade dos embriões, maior percentagem de eclosão e maior vigor das codorninhas recém-nascidas.
 
 
 

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

ilustracao do produto DVD : Nelore - Cria, Recria e Engorda
R$ 120.00
em até 4x sem juros
botao compre
ilustracao do produto DVD : Defensivos Alternativos
R$ 103.00
em até 4x sem juros
botao compre

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb