Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Principais raças de suínos

autor: Redação RuralNews
data: 15/01/2014

 
A criação de suínos no Brasil é uma das principais atividades pecuárias. Produtor de uma das carnes mais tradicionalmente consumidas no País, o porco é criado, praticamente, em todo o território nacional.

Muitas são as raças criadas mas, para exploração econômica, podemos citar três raças estrangeiras, a Landrace, Duroc e large white. Existem muitas raças brasileiras, no entanto, as suas características não são tão definidas quanto às das raças estrangeiras mais criadas. Entre as raças brasileiras, podemos citar a Pereira, Nilo e a Piau.

Todas as raças, puras estrangeiras ou nacionais, possuem características próprias no que diz respeito ao tamanho, pelagem, peso, qualidade da carne, etc. Daremos a seguir, algumas características das raças já mencionadas:

Landrace: é uma raça originária da Dinamarca, com pelagem branca, cabeça média, orelhas compridas e inclinadas para a frente e pele fina. São animais prolíferos e precoces, não muito rústicos, mas apresentam uma boa capacidade de ganho de peso.

Duroc: possui a cabeça pequena em relação ao corpo, pêlos finos, de cor vermelho, cereja e um rabo grosso. É um animal rústico, de tamanho médio e boa produção de carne, chegando, os machos, a alcançar cerca de 250kg em doze meses. Esta raça foi criada nos Estados Unidos.

Large white: esta raça possui pêlos compridos, finos e macios, de cor branca. Sua cabeça é de tamanho médio e suas orelhas, compridas e inclinadas para a frente. Também é uma raça bastante prolífera e precoce, além de boa produtora de carne, chegando a pesar 500kg, os machos. Sua origem é a Inglaterra.

No que diz respeito às raças nacionais, suas características não são tão claramente definidas quanto às das raças estrangeiras puras. Em geral, não são tão prolíferas e precoces, mas possuem a vantagem da rusticidade, se adaptando melhor às condições climáticas do nosso país. Veja algumas das características das raças nacionais já citadas:

Pereira: sua pelagem é preta, pele solta com muitas dobras e orelhas grandes. É uma das raças brasileiras mais prolíferas, apesar de não ser muito precoce. Chegam a pesar até 180kg.

Nilo: Sua pele é preta, macia e sem rugas, além de quase não possuir pêlos ou cerdas. Apresentam uma boa capacidade de ganho de peso, podendo alcançar, quando adulto, cerca de 200kg. É um animal bastante rústico.

Piau: Esta é uma das raças nacionais mais antigas, com pele escura, pêlos finos que podem ser brancos ou negros. Esta raça é boa produtora tanto de carne como de toucinho. Por ser uma raça desenvolvida há bastante tempo, apresenta uma maior uniformidade no seu padrão, se comparada com outras raças nacionais, além de ser bastante precoce. Os machos podem alcançar cerca de 250kg, quando adultos.
 
 
 
 
 
 

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

ilustracao do produto DVD : Cultura do Milho Para Alta Produtividade
R$ 103.00
em até 4x sem juros
botao compre
ilustracao do produto DVD : Guia Prático da Doma - Iniciação de Potros (3 DVD's)
R$ 126.00
em até 4x sem juros
botao compre

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb