Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Mandioquinha, mandioca-salsa ou batata-baroa

autor: Redação RuralNews
data: 08/07/2014

 
A mandioquinha (Arracacia xanthorriza), também conhecida como mandioca-salsa ou batata baroa, é uma hortaliça cuja parte aérea tem 50cm de altura, sendo dividida em partes distintas, ou seja, a coroa ou parte central. Resultante da brotação da muda e a externa ou zona dos filhotes (10 ou mais por planta), produto de brotações laterais da coroa.

Plantio

Preparamos o terreno e depois fazemos fileiras paralelas, com espaçamento de 75cm entre elas e 30cm entre as plantas, e sobre ela, plantamos os melhores filhotes das melhores plantas.

Podamos suas folhas e metade da sua base, que é a parte mais baixa do filhote. A colheita é feita quando as folhas ficam amarelas e secam, 10 a 12 meses após o plantio. Devem ser colhidas quando estão “no ponto” pois, sendo atrasada a colheita, as raízes (batatas) endurecem e começam a brotar, prejudicando sua produção e a sua qualidade.

São necessárias 40.000 a 50.000 mudas para plantar 1 hectare, que deverá produzir de 15 a 20ton. Colheita manual, com enxadões ou com sulcadores. As raízes são lavadas, secadas à sombra e classificadas. Só devem ser embaladas, quando bem secas, para evitar a “mela”, principalmente durante o transporte, em dias de calor.

Devemos fazer a análise do solo, pois a mandioquinha é muito exigente quanto ao seu grau de acidez, sendo o pH 6, o ideal. É aconselhável a seguinte adubação por metro de sulco: 5 a 10 litros de esterco de curral, bem curtido; 40g de superfosfato simples; 100g de farinha de ossos; 15g de cloreto de potássio e que devem ser incorporados ao solo, pelo menos 10 dias antes do plantio. Vinte dias depois, colocamos, por cobertura, 20g de sulfato de amônio e mais 20g, 20 dias depois da primeira dose.

O plantio pode ser feito durante todo o ano, nas regiões mais altas e nos períodos de março/maio e setembro/outubro, nas demais regiões. A melhor variedade, segundo o Instituto Agronômico de Campinas-SP, é a comum.

Durante as secas, deve ser irrigada por infiltração. Suas principais doenças são a podridão, que é controlada com a rotação de culturas. No local em que aparecer a doença, não devemos plantar mandioquinha, batata, mandioca, milho, morango, girassol ou cenoura. Outra doença que ataca essa cultura é a mancha das folhas, controlada por métodos naturais ou com pulverizações, de 15/15 ou de 20/20 dias, principalmente no verão. Os pulgões e ácaros podem ser combatidos com os métodos naturais ou com a solução de extrato de fumo.
 
 
 
 
 
 

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb